quinta-feira, 1 de abril de 2010

O que aconteceu por aqui?


Tudo começou quando eu olhei a lista de inscritos do pessoal de Pernambuco. Até agora são 30 inscritos divididos em 5 escolas (incluindo quem entra como individual). Muito muito legal! Pelo que sei, Pernambuco é um dos locais mais recentes no desenvolvimento do agility no Brasil.

Fui conversar sobre isso com o Fabi e quis saber por que o Rio Grande do Sul não tem essa "cultura agilitística". Aí descobri que o agility aqui foi "grande". Haviam pelo menos 6 escolas, sendo que algumas eram praticadas por equipes militares.

Faltou cultivá-lo? Divulgá-lo?

O que aconteceu para que o agility praticamente terminasse por aqui?
Realmente eu sinto muito por isso.



7 comentários:

  1. oi vivian brigado pelo post em nome de toda a nação nordestina hehehhe, vê ainda falta uma escola que não se increveu poq a dona teve nenêm e alguns que não irão participar por motivos pessoais, no fim seriam umas 40 pessoas ,isso sem contar com as escolas da paraiba que são os TST (team sondness time) que irão fazer sua estréia nesse sabado e o pessoal do ceará que tb não veem para recife competir mas para assistir , assim desde que eu fui em sp vi o agility com outros olhos até minha maneira de pensar mudou isso por causa da val e do fabs pq senti um clima totalmente louco que as pessoas ainda não entenderam por essas bandas mas vamo vê se chega eu acho que o sul seria uma big potência se as pessoas envolvidas com o agility diretamente ou inderatamente fossem buscar o agility na sua base '' agility é diversão''amor pelo seu cão passar mais tempo com seu amigo ver seus amigos se divertir treinar e chegar em casa todo suado mas feliz pq o treino foi massa. na minha humilde opinão acho que deveria ser assim ''but'' , acho que pessoas como vc o fabs tem sorte de poder pelo menos ir a sp e competir e ver os amigos , treinar em escolas diferentes ,brincar com os dogs e depois voltar e contar como foi boa a viagem e como é bom rever os amigos , espero que vcs um dia venham a recife para gente falar mas ok , bjs e abraço no godinho ai hehehehe

    ResponderExcluir
  2. Concordo com você e acho que agility começa como diversão mesmo.
    Mas como a minha "formação" é no agility paulista, sinto muita falta desse clima e o que mais sinto é saber que um dia o agility aqui já foi bem maior do que é! Agilitar por aí? Hum, bem bom hein!!!

    ResponderExcluir
  3. Vivian

    Falar de amor pelos cães, pelo agility, blá´, blá , blá, foi amordaçado por egos pessoais.
    Isso foi o que aconteceu por aí.
    Ou estarei enganado?
    Quanto a Pernanbuco só temos de dar os parabéns e apoio.

    bj

    Artur Pires

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Egoísmo e falta de comprometimento com o esporte é e sempre foi nosso grande defeito.

    Agora se levarmos em conta a população e a capacidade de São Paulo comparado ao Pernambuco e Rio Grande do Sul vemos que percentualmente o número de duplas que teríamos em pista hoje será, em porcentagem igual ao de SP e RJ. Pernambuco sim teria um agility acima da média.

    Outro fato que dificulta é a ausência de uma escola em Porto Alegre e a falta de estruturas para a pratica do esporte. Não temos estruturas como DW, CTA, Abrafa, Época, Cãopetição entre outras.

    A Vivian pergunta porque já houveram 40 falou sobre as duplas militares e deveria ter também falado que cães militares e condutores militares faziam agility por obrigação e não por diversão. Além disso a diferença entre condução era tanta que não havia como competirem com duplas de escolas. Era como colocar Fuscas pra andar contra Stock car.

    A estrutura foi montada sobre uma base instável. O Artur com conhecimento em construção pode dizer melhor do que eu que quando queremos algo grande começamos construindo pra baixo.

    Os condutores sem capacidade de condução, sem vontade de aprender e renovar técnicas levavam um pau sem tamanho em provas e óbvio começaram a achar ruim isso.

    Basta torcer para que o futuro seja mais promissor. Algo que eu realmente não acredito.

    ResponderExcluir
  6. Parabéns Pernambuco!!!! Parabéns aos idealizadores e aos participantes.

    ResponderExcluir
  7. obrigado sr. artur ,obrigado patricia, vivian bota os dogs na caixa e compra um pacote de trakinas e uma coca-cola que vc e o fabs chegam rapinho aqui hehehheh só não prometo deixar vc levar de volta o elvis hehehheheh

    ResponderExcluir